sábado, 27 de abril de 2013

Bolo de pão ralado

  Numa das minhas deambulações por alguns blogs, à procura de uma receita para um bolinho, entre muitos o primeiro que me saltou à vista foi o bolo de Pão Ralado, que apesar de muito antiga não conhecia. Fiquei com vontade de o fazer imediatamente...e tal foi o entusiasmo que captei a imagem da receita e fiquei sem saber a " fonte ".
  Este bolo tem a vantagem de substituir a farinha por pão ralado, além de que evita desperdiçar pão.Umas fatias de pão que sobraram, que foram ao forno a tostar, para depois encher a caixinha do pão ralado.
Aproveitei a casca de uma laranja para o aromatizar. A Bimby tem a vantagem de que pulveriza a casca junto com o açúcar, o que permite um aroma intenso.
 
 
 
 
" Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma "

                                                                                         Lavoisier 
 
Sempre fui contra o desperdício, e nos " dias de hoje " cada vez mais este conceito se enraíza no meu dia-a-dia fazendo todo o sentido!
 
 Ingredientes:
 
4 Ovos
180g de açúcar
150g de pão ralado
Casca de uma laranja/ erva doce
1 c. de sobremesa de canela
1 c. de sobremesa de fermento em pó
1 chávena de leite pequena
1 chávena de óleo pequena
Uma pitada de Sal
Margarina e farinha para untar e polvilhar a forma
 
Confeção:
 
No copo da Bimby pulverizar a casca da laranja junto com o açúcar 15 Seg.  Vel.10.
Colocar a borboleta no copo, juntar os ovos ao açúcar, a pitada de sal, o óleo e o leite e bater durante 4 min. 37º  vel. 3 1/2.
Terminado o tempo retirar a borboleta e bater mais 4 min. vel. 3 1/2.
Juntar o pão ralado com o fermento e a canela 10 Seg .Vel. 3.
Levar a forno pré-aquecido a 180ºC numa forma de coroa, untada com margarina e polvilhada com farinha, durante 30 minutos.
Aconselho o teste do palito ( O bolo está pronto quando o palito sai seco ) 

 
 
 
 

 
 
   
Este bolo é o caso de uma deliciosa transformação.
 
Este bolo é isento de cobertura mas.....eu tive um percalço pelo caminho e tive que o decorar com ganache de chocolate negro e migalhas do mesmo. Cresceu demasiado, transbordou a forma, foi preciso cortar para nivelar de forma a assentar no prato de servir...!!!!
 
 
 
 

 
 
 
 
  Nada melhor que uma fatia de bolo caseiro, para acompanhar uma chávena de chá quentinho ou um néctar !!!
  E este ficou bem ao meu gosto, seco e com um travo a laranja, erva doce e canela.
Simplesmente saboroso.