domingo, 9 de junho de 2013

Bolo de framboesas delicioso

Gosto muito de frutos vermelhos...de todos os que conheço....adoro framboesas e é um fruto lindo!!!
 
 
  Hoje tive imensa vontade de fazer um bolo simples mas com frutos....de preferência vermelhos....lembrei-me de fazer algo com framboesas frescas mas não tinha em casa e já ao final do dia não apetece ir ao hiper-mercado só para comprar uma mini caixinha de framboesas.
  Quando elas são utilizadas na decoração sem dúvida que prefiro frescas, mas para envolver num bolo creio que não justifica já que fica igualmente delicioso!!!!e assim foi....ficou divinal....o aspecto diz tudo!!!
 
E é tão simples de fazer que penso repetir a receita com outros frutos......por exemplo mirtilos, cerejas ou amoras.....!
 



Ingredientes:

180 g de margarina
200 g de açúcar
4 ovos
1 colheres de chá de baunilha em pó 
1 iogurte aroma de framboesa ou morango
1 colher de sopa de fermento para bolos
300 g de farinha de trigo

**150 g de framboesas passadas por farinha de trigo ( evita que afundem totalmente ) 


 Confeção:


Pré-aqueça o forno a 180ºC
No copo da Bimby deite a margarina e o açúcar e programe 3 min. 37º vel. 2
Adicione os ovos e a baunilha e programe 1 min. vel. 5
Junte a farinha, o iogurte e o fermento e programe 20 seg. vel.3
Por fim junte as framboesas e programe 10 seg. vel. espiga

**Deite o preparado numa forma somente untada com margarina ( não enfarinhe )
Leve ao forno cerca de 50 minutos

**Faça o teste do palito e quando cozido retire, deixe arrefecer durante 10/12 minutos e desenforme





Faça uma decoração a gosto ou sirva simples....pode acompanhar com doce de frutos vermelhos e gelado de natas ou baunilha




 Recomendado porque é uma delícia.....adorei o resultado!!!
 
 Áiiiii framboesas, framboesas, porque sois tão deliciosas?????





A framboesa corresponde ao fruto do framboeseiro. Pertence à família das rosas e das amoras – Rosaceæ - e à espécie Rubus idaeus.
A variedade de framboesa mais comum é a que ostenta coloração rosa avermelhada, mas pode também admitir coloração branca, amarela ou roxa.
 
O fruto consiste num agregado de 75 a 80 pequenos gomos, convexos, rugosos, agrupados em forma de pinha. O centro é oco e a polpa é aromática com sabor agridoce.
Para poder maximizar a intensidade do seu sabor, a framboesa deve amadurecer no framboeseiro.
 
Apenas uma pequena parte da produção do fruto é vendida fresca. Na maioria das vezes, a framboesa é aplicada no fabrico de sumos, gelados, doces, compotas, licores, iogurtes, entre outros produtos alimentares.
 
 
Um pouco de história:
 
A framboesa é um fruto originário do Centro e Norte da Europa e parte da Ásia, onde crescem selvagens nos locais frescos desde os tempos pré-históricos.
  Pensa-se que as sementes da framboesa tenham sido transportadas por viajantes ou animais durante os tempos antigos.
 
A disseminação do fruto selvagem pelo mundo parece ter ocorrido por meio similar, pois os caçadores colectores, que viajavam para grandes distâncias com o objectivo de obter alimentos, durante o regresso para as aldeias iam rejeitando os alimentos que consideravam de qualidade inferior, nos quais incluíam as framboesas de menor porte.
  Este fruto começa a ser cultivado de forma mais ampla na Europa e na América do Norte no século XIX, quando muitas outras variedades foram desenvolvidas, quer através de cruzamentos acidentais ou intencionais. 
 Os maiores produtores mundiais de framboesa são os Estados Unidos da América, Rússia, Polônia, Alemanha, Chile, Ucrânia, Hungria e Califórnia.