quarta-feira, 31 de julho de 2013

Lasanha de frango e espinafres salteados

.....não se resiste.....
 
 
   Cá em casa adoramos massa, principalmente a filhota que comia massa a diário se eu o permitisse....nunca se cansa....todo o tipo de massa/pasta é bem-vindo!!!
   Quando vamos a restaurantes italianos gostamos de testar a lasanha e comparar com a nossa caseirinha....e sinceramente deixam muito a desejar na sua maioria, para além de que por norma só têm a lasanha tradicional de carne.
   Esta receita que vos trago fica igualmente deliciosa com espinafres frescos ou congelados......eu prefiro sempre frescos mas utilizo muitas vezes legumes congelados, principalmente quando tenho menos tempo!!!
   É sem dúvida uma das melhores lasanhas que já comemos...preferimos até este tipo de receita, deixando de parte a tradicional lasanha de carne!!! .....e não esqueçamos que estas versões com legumes são uma excelente forma de convencer as crianças a comer " coisas verdes ".....eu não tenho esse problema pois a minha princesa adora verdes !!!!
 
Fiz algumas alterações à receita na qual me inspirei....dar o meu toque pessoal é imprescindível!!! 
 

Ingredientes:
 

Placas de lasanha seca ( que não necessitem pré-cozedura )
100 g de queijo flamengo
1 cebola média
Alho laminado seco q.b.
50 g azeite
3 peitos de frango cortado em pedaços
5 tomates médios
1 molho de espinafres frescos
Sal  q.b.
Pimenta q.b.
Oregãos q.b.


Ingredientes para o molho béchamel:
 

600 g de leite magro
10 g azeite
40 g farinha
Sal q.b.
Noz moscada q.b.
 
 
 
 
Preparação:

Numa frigideira deite um fio de azeite, um pouco de alho, sal e salteie os espinafres ( reserve );
No copo da Bimby deite a cebola, alho, o azeite e programe 5 seg. vel. 5;
Refogue 5 min. temp. varoma vel. 1;
Junte o frango, o tomate, sal e pimenta e programe 15 min temp. 100ºC vel. colher inversa;
De seguida, para desfiar o frango programe 6 - 8 seg. vel. 4 colher inversa ( Reserve );
Num pirex deite um fio de azeite e coloque placas de lasanha;
Deite o preparado de frango;
Cubra com mais uma camada de placas de lasanha e por cima os espinafres salteados;
 
**Prepare o molho béchamel:
 
No copo da Bimby coloque todos os ingredientes necessários e programe 7min. temp. 90ºC vel. 4;
Deite um pouco por cima dos espinafres;
Coloque a última camada de placas de lasanha e polvilhe com os oregãos secos, adicione o restante béchamel e distríbua o queijo flamengo ou outro a gosto;
 
**Leve ao forno cerca de 20-25 minutos.
 
 
 
 
 Uma alternativa à lasanha tradicional.....!!!!
Sigam esta receita e não se vão arrepender...
 
 
 
 
Fonte: Adaptado do Blog Diário da cozinha 
 
 
 

terça-feira, 30 de julho de 2013

Rolinhos de perú com redução de leite de côco e ananás frito

......uma maravilha rápida de preparar.....
 
 
  Os bifes de perú são assíduos cá em casa....fáceis de preparar e de confeção rápida....por isso tento sempre variar a forma de os apresentar à família e de os surpreender!!!
    Desta feita, lembrei-me que tinha umas rodelas de chourição no frigorifico para as quais já não se olhava.....e antes que corresse o risco de as ter que deitar fora, coisa que não gosto mesmo nada porque detesto desperdícios,.......decidi adicioná-las aos meus bifinhos....
 
   Sabemos que bifes de perú na frigideira ficam algo secos, embora exijam pouco tempo para ficar cozinhados e como tal fiz um molho com redução de leite de côco, que também estava à espera de ser utilizado...bem como umas rodelas de ananás em calda!!!!
 
E assim " nasceu " esta receitinha bem rápida e deliciosa que vos aconselho a experimentar e a dizer de vossa justiça!!!





Ingredientes:

6/8 bifes de perú
Fatias de chourição q.b.
1/2 lata de leite de côco
4/6 rodelas de ananás em calda
Q.b. de sal
Q.b. de pimenta branca
Azeite q.b.

**Coentros ou salsa para decorar




Preparação:

Tempere os bifes num dos lados com sal e pimenta;
No lado que não temperou coloque o chourição, faça rolinhos e prenda com palitos;
Numa frigideira deite um fio de azeite e passe os rolinhos até alourar;
Retire os palitos e reserve mantendo-os quentes;
Na mesma frigideira frite o ananás já cortado em pedaços até alourar;
Retire e reserve mantendo quente;
À gordura da frigideira adicione o leite de côco e deixe reduzir até ficar a gosto;

**Sirva os rolinhos com o molho por cima e polvilhe com coentros ou salsa.





Acompanhe com uma salada ou arroz......vai adorar!!!!



Fonte: Auto-criação

domingo, 28 de julho de 2013

Gelado de cenoura e lima

Cenoura ou chocolate???


   Sem gelados no congelador.....e a apetecer um bom gelado aos gulosos cá de casa, resolvi por a minha Bimby a funcionar e fazer uma receita simples.
  Sem saber que ingredientes utilizar fui dar uma olhadela no frigorifico....e lá estavam as cenouras biológicas, lindas e alaranjadas a chamar por mim....também um saco de limas bem verdinhas me chamaram a atenção, adoro verde!!!
Fiz uma pesquisa rápida e encontrei uma receita de gelado de cenoura.....maravilha, decidi naquele momento que o meu gelado ia ser em tom laranja...ou amarelo...
  O resultado foi então um delicioso gelado natural de cenoura com um leve sabor a lima!!!
 
É provavelmente um dos melhores sabores de gelado que já comi....adorei esta combinação de sabores e a cor suave e linda... 
 
 




INGREDIENTES:

250 g de cenouras
250 g de leite magro
2 tiras de casca de lima
1 pau de canela
2 pacotes de natas magras
1 gema
150 g de açúcar
1 c. de sopa de margarina liquida
1 c. de chá de farinha maizena
1 c. de chá de sal grosso


 

PREPARAÇÃO:

Coloque no copo da Bimby as cenouras descascadas e cortadas em rodelas;
Dê 3 toques de turbo;
Adicione o leite, as cascas de lima, o pau de canela e programe 15 min. 100º C vel. colher inversa;
Retire a casca da lima, o pau de canela e reduza a puré nas vels. 5 / 7/ 9 (retire e reserve);
Adicione as natas, a margarina, a maizena e o sal e programe 10 min. 60ºC vel. 1;
Numa taça dissolva a gema e o açúcar com um pouco da mistura preparada; Deite no copo da Bimby e programe 5 min. 37º C vel. 1;
Por fim junte o puré de cenoura e misture bem vel. 5 até 7;

**Deixe arrefecer, coloque numa caixa hermética e leve ao congelador;
 
 


 

 
 
Absolutamente maravilhoso.....aconselho esta receita saudável de gelado caseiro!!!
 
 
 
 
 Fonte: Adaptado do Blog Zélinha
 

sábado, 27 de julho de 2013

Bolo de limão e sementes de papoila

Se a quintinha do avô João nos dá limões.....fazemos bolo de limão!!!!
 
   Já vos tinha dito e mostrado as maravilhas que esta semana vieram da quintinha do avô João....entre elas estão limões amarelinhos e brilhantes....hoje fui à procura deles no fresquinho do frigorifico......
   Adoro sabores citricos tanto em bolos como em mousses....semi-frios...bebidas....!!!
O limão é um daqueles frutos que fica bem em quase tudo, muito versátil, sabor e aroma fortes que não nos deixam indiferentes....
  Hoje o dia ventoso e frio pedia um bolinho para alegrar os olhos e os paladares....e apesar de ser verão soube tão bem com um cházinho morno....
 
Para além de delicioso ficou muito bonito, as sementes de papoila dão-lhe um aspeto diferente e tornam a textura ainda mais apetecível!
 
 
 
 
 
Ingredientes:

250 g de açúcar
2 limões
4 ovos
200 g de natas magras
100 g de margarina à temperatura ambiente
250 g de farinha sem fermento
1 c. de sopa de fermento para bolos

2 c. de sopa de sementes de papoila
Açúcar em pó para polvilhar



Preparação:

No copo da Bimby coloque o açúcar e a casca de um limão e pulverize na vel. 5 15 seg.; Coloque a borboleta e adicione o sumo dos 2 limões;
Adicione também os restantes ingredientes excepto a farinha e o fermento e programe 5 min. na vel. 4;
Retire a borboleta e junte a farinha e o fermento e programe 15 seg. vel. 3; Deite o preparado numa forma de coroa previamente untada com margarina e polvilhada com farinha;
Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 30 min.;
 
* Polvilhe com açúcar em pó ou decore a gosto.
 
 
 
 
Fonte: Adaptado do Blog Delícias da Moni
 
 
 
 
SABER MAIS......
 

O limão é verdadeiramente uma jóia da natureza. Pode ser considerado o rei dos frutos curativos, sendo impressionante a quantidade e variedade das suas aplicações. No entanto, tendemos a repudiá-lo, quando pensamos no seu gosto azedo, e a minimizar as suas virtudes, tanto na manutenção e recuperação da saúde, quanto ao seu valor nutricional e possibilidades múltiplas de utilização culinária.
Esta atitude se instalou pela suposição de que ele é agressivo para o estômago, que pode acidificar o sangue, descalcificar e enfraquecer o organismo… Ora, nada mais falso e oposto à realidade.
 

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Dourada com coentros e limão

.....um aroma que se expandiu pela casa....
 
   Mais uma semana que termina e parece que o tempo está a mudar....pelo menos hoje ficou nublado e muito ventoso ao fim do dia, estava até fresquinho!!!
Aquilo que seria um jantar na grelha ao ar livre, acabou por ser um jantar de forno.  
   Hoje foi peixinho....gostamos bastante de douradas....grelhadas são uma maravilha mas como o tempo estava algo desagradável resolvi fazer no forno de uma forma diferente!!!
Acompanhei com batatinhas novas temperadas, cortesia da quintinha do avô João.
 
Contudo o peixe no forno eu gosto de fazer no tempo frio, no Outono e Inverno....comer calmamente e se for acompanhado de um vinho branco ou verde, então perfeito!
 
 

 
Ingredientes:

Para o peixe:

2 douradas
1 cebola média cortada em rodelas

4 dentes de alho laminado 
2 folhas de louro
1 limão
Azeite q.b.
Sal q.b.

Pimenta q.b.
Coentros picados grosseiramente



Para o acompanhamento:

Batatas novas pequenas
Azeite q.b.
Sal q.b.

Pimentão da flor q.b.


Preparação:

Começar por preparar o tabuleiro do peixe;
Dispor algum azeite, a cebola, as folhas de louro e o alho;
Colocar as douradas por cima;
Temperar de sal e pimenta, polvilhar com os coentros e regar com o sumo de limão e um fio de azeite;
Lavar bem as batatinhas, secar e temperar com azeite, sal e pimentão da flor;
Dispor as batatas entre o peixe e deitar um fio de azeite;




Levar ao forno (com uma folha de alumínio quase até ao final, retirar para dar cor   ao peixe e até secar um pouco o molho).



Fonte: Auto-criação


quinta-feira, 25 de julho de 2013

Pinã Colada

Bem-vindos a Porto Rico....tomam uma Pinã Colada ?


  Bebo Pinã Colada desde miúda, sem álcool claro....comprávamos garrafinhas em Badajoz e com umas pedras de gelo desapareciam num piscar de olhos.....adoro esta bebida e há imensos anos que não bebia!!!
  Hoje, ao entardecer lembrei-me daquele sabor e aroma e não resisti.....fui preparar duas boas doses deste cocktail maravilhoso.....
Bem que dizer?! estava absolutamente irresistível......os sabores e aromas são do melhor que se pode misturar em bebidas tropicais!

Piña colada (tr. do espanhol: abacaxi amassado) é um coquetel doce feito com rum, leite de coco e suco de abacaxi. É servido geralmente batido ou mexido com gelo. Sua origem é do Porto Rico.
Bater (ou mexer) os ingredientes e servir em copo de long drink. Decorar com um pedaço de abacaxi.        
 
 
 
 


Ingredientes:

4 rodelas de abacaxi de lata ou natural 

2 copos de açúcar

2 copos de  natas magras 

2 copos de rum

2 copos de leite de côco

1 saco de cubos de gelo

Nota: o copo é o da tampa da Bimby





Preparação:
 
Colocar no copo da Bimby o ananás e o açúcar e programar vel. 10 até ficar em polpa; Juntar o gelo e triturar também na velocidade máxima;
Por fim adicionar as natas, o Rum e o leite de côco e bater na vel. 4 durante uns segundos;

**Se pretender um cocktail mais liquido adicione sumo de ananás ( da lata de ananás ou outro a gosto )
**Sirva em copo de Long Drink decorado com abacaxi, palhinhas e hortelã;


Sirvam bem fresquinho e deliciem-se.....
 

 
 
 
 
 
 Saber um pouco mais.....
 
 Porto Rico

Porto Rico, oficialmente Estado Livre Associado de Porto Rico é um território sem personalidade jurídica dos Estados Unidos, localizado na parte oriental do mar do Caribe, a leste da República Dominicana e no oeste das Ilhas Virgens. Wikipédia
 
Governo: República
Moeda: Dólar dos Estados Unidos
Hino nacional: La Borinqueña
Línguas oficiais: Língua castelhana, Língua inglesa

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Tarte de courgette e côco

Mais uma experiência muito agradável....uma novidade!!!
Na Bimby
 
   Como já vos tinha dito as courgettes abundam cá por casa porque na quinta do avô João crescem a olhos vistos.....de um dia para outro surpreendem com o seu tamanho mas são tenrinhas e saborosas!
   Depois de diversas receitas salgadas com courgette eis que me lembrei, que talvez algo doce também se pudesse fazer.....uma sobremesa por exemplo, que estava a fazer falta, não passamos sem um docinho!
   Numa rápida pesquisa encontro uma receita que me encheu o olho....muito simples e super rápida...mesmo o que eu estava a precisar....e foi arriscar.....
 
Trata-se de uma tarte cuja base é a courgette, o que lhe confere um tom esverdeado e uma textura suave e húmida...bem aromática!!!
   Os ovos do campo dão-lhe um tom lindo nesta mistura de ingredientes que me deixou de facto surpreendida pela positiva....adoro fazer receitas novas e se forem à primeira vista estranhas e no fim deliciosas ainda fico mais satisfeita.
 
 
 

Ingredientes:

1 base de massa folhada fresca
1 courgette média2 ovos
120 gr de açucar
70 gr de margarina vegetal (usei vaqueiro liquida )
50 gr de côco ralado
1 pitada de sal
1 c. de chá de gengibre em pó
1 c. de chá de aroma de baunilha
 


Preparação:
 
 
Forrar uma tarteira de +/- 25 cm de diâmetro com a base de massa folhada sem tirar o papel que a envolve;
Picar a massa com um garfo ( Reservar );
Na bimby deitar a courgette lavada com a pele e partida aos bocados e picar 8 seg. na vel. 5;
Adicionar os restantes ingredientes e programar 1 min. vel. 4; 
Deitar esse preparado na tarteira e levar a cozer cerca de 30 minutos ou até estar cozida e dourada;





Espero que apreciem esta sugestão tanto como eu!!!
 
Façam e digam se gostaram....




Fonte: Adaptado do Blog Belina da Ilha




domingo, 21 de julho de 2013

Pudim de bolacha e cuajada com cobertura de frutos vermelhos açucarados

.....uma sobremesa às fatias.......este PUDIM......
 
 
  E o que continua a apetecer são mesmo as refeições leves e frescas!!!!....o mesmo acontece com as sobremesas.....querem-se deliciosas e refrescantes mas também de confeção rápida, para podermos aproveitar o nosso tempo em família e desfrutar do verão....
 
  Depois de um passeio noturno com uma temperatura de 28ºC e algum ventinho à mistura.....o regresso a casa trouxe-me vontade de preparar algo doce para a sobremesa de hoje.....lembrei-me de um pudim....e dando uma olhadela pela despensa lá estava a CUAJADA a chamar por mim!
*Na Bimby fiz este pudim que em 10 minutos estava pronto para passar a noite ao fresquinho....e hoje saiu da forma para fazer as nossas delicias!
 
 
 


Ingredientes:

6 bolachas de canela, ou maria, ou digestivas..... ( usei Chiquilin )
1 ovo
1 litro de leite magro
1 saqueta de pudim de baunilha ( usei boca doce )
1 saqueta de cuajada
8 colheres de sopa de açucar mal cheias ou equivalente em adoçante
1 c. de chá de canela ( de sopa se não usar bolachas de canela )
1 c. de chá de aroma de baunilha
Q.b. de geleia ou doce a gosto * para a forma


Preparação:

No copo da Bimby triturar as bolachas 5 seg. vel. 7;
Acrescentar os restantes ingredientes e programar 8 min. 90ºC vel. 4;

* Pincelar uma forma de bolo inglês com geleia ou doce e verter o preparado na mesma;
**Levar ao frigorifico pelo menos durante 3 horas;


Cobertura:

Frutos vermelhos q.b.
Açucar q.b.

Deixar os ingredientes numa taça durante uma hora para fazer calda




Desenforme e sirva as fatias simples ou com alguma cobertura a gosto!!!!




       DELICIOSO MESMO!!!
 



 Um pouco de história.....

   Na Grã-Bretanha e em alguns países da Commonwealth, pudding ("pudim") é uma denominação genérica para sobremesa.
 
Os pudins antigos são apresentados em forma de massa sólida, constituída pela mistura de vários ingredientes unidos por uma liga que pode incluir farinha de trigo (como no Pudim de Yorkshire), sangue (pudim preto), ovos (pudim de pão) ou uma mistura de gordura e farinha ou algum outro cereal (pudim de ameixa). Estes tipos de pudim podem ser assados, cozidos ou fervidos. Este tipo ainda é comum em vários lugares, especialmente na Grã-Bretanha e podem ser o prato principal de uma refeição ou a sobremesa.
Como prato principal, pudins cozidos eram uma refeição comum a bordo dos navios da Marinha Real nos séculos XVIII e XIX, e constituía-se no modo usual pelo qual as rações diárias de farinha e gordura eram preparadas.
Muitos pudins de sobremesa deste tipo lembram bolos, mas são mais húmidos e geralmente servidos em bocados numa tigela, em vez de fatias, acompanhado de manjar ou sorvete. Este é o tipo de prato que a palavra pudim evoca na Austrália (por exemplo, o pudim de Natal ou a forma britânica do pudim de chocolate). Embora outros pratos sejam denominados pudins na Austrália (por exemplo, o pudim de arroz ou o pudim instantâneo, os quais pertencem à segunda categoria, abaixo), em tais casos a palavra é quase sempre qualificada com um adjetivo.

O tipo mais novo de pudim tanto pode ser um prato de sobremesa como ser consumido sozinho. O preparo habitual faz com que o açúcar e outros ingredientes sejam solidificados por meio de algum agente estrutural gelificante como amido de milho, gelatina, ovos, tapioca e outras féculas.
 Os pudins, nascidos nos navios da Marinha Real nos séculos XVIII e XIX, com a mistura de farinha e gordura evoluíram com o passar do tempo, até que chegasse a receita popularmente conhecida hoje.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pudim



 Fonte: Adaptado de  http://oclubedobolinho.blogspot.pt/

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Tarteletes de courgette, cebola e queijo creme

.....uma forma diferente de comer courgette......
 
 
   Quando as courgettes abundam cá em casa....por vezes já não sei o que fazer com elas.... mas mantêm-se imenso tempo na gaveta do frigorifico, o que permite ir " gastando " sem haver desperdício!!!
 
Como nem todos têm o previlégio de poder usufruir de legumes/hortaliças biológicos...algumas são oferecidas aos mais chegados e com as muitas que " ficam " vou tentando diversificar a sua utilização...fazendo pesquisas na net e criando as minhas próprias receitas.....tal como aconteceu desta vez....
 
  Hoje trago umas tarteletes que souberam a pouco.....estavam maravilhosamente deliciosas.....o sabor do queijo com os oregãos tornou-as ainda mais apetitosas!!!!
Esta receita é de confeção rápida quando utilizada massa quebrada fresca de compra.....se a quisermos caseirinha, torna-se uma receita mais demorada mas também mais saborosa e saudável....
  Optei por utilizar massa fresca de compra pois não dispunha de muito tempo para preparar o almoço.....mas ainda assim o resultado é mesmo muito bom!
 
 

Ingredientes para 6 tarteletes :

1 massa quebrada fresca de compra
1 courgette grande com pele
1 cebola grande
2 dentes de alho
Q.b. de azeite
Q.b. de queijo creme magro
Q.b. de queijo flamengo light ralado no momento
Q.b. de sal
Q.b. de pimenta branca
Q.b. de oregãos


Preparação:

Ligue o forno a 180ºC;
Numa frigideira coloque um fio de azeite e aqueça ligeiramente;
Adicione a cebola cortada em meias luas, o alho picado e de seguida a courgette cortada em rodelas finas;
Tempere a gosto com sal e pimenta;
Deixe refogar uns minutos até o preparado estar cozinhado;

*Entretanto unte ligeiramente as formas das tarteletes - usei óleo em spray da Espiga;

Forre as forminhas com a massa e reserve;
Quando o refogado estiver pronto deixe arrefecer um pouco;
Distribua pelas formas forradas com a massa;
Por cima dos legumes espalhe queijo creme com a ajuda de uma colher pequena;
Por fim polvilhe com o queijo flamengo ralado e com os oregãos;
Leve ao forno até as tarteletes estarem douradinhas e a massa cozida;





Depois de as retirar do forno deixe que arrefeçam um pouco......sirva mornas com uma salada ou com fruta fresca!!!!




Simples e maravilhosas!!!!
Experimentem esta receita e não se vão arrepender....
 




Fonte: Auto-criação





quarta-feira, 17 de julho de 2013

Granizado de café, licor Beirão e natas

Uma mistura refrescante e deliciosa......
 
 
   Nestes dias quentes só apetecem " coisinhas " frescas......bebidas bem refrescantes mas que sejam saborosas e de preferência caseirinhas!!!!
  Como alternativa sempre se pode pedir este tipo de granizado, numa esplanada/bar durante as saídas noturnas, por exemplo....que de certeza saberá a pouco....em noites quentes de verão e alegrará o convívio!!!!
   Para quem não aprecia refrigerantes, um granizado pode ser uma boa opção pois é muito simples de preparar e podemos escolher os sabores/ingredientes que mais apreciamos...
 
Trago-vos um granizado feito na Bimby cujos ingredientes são do agrado da maioria das pessoas, principalmente dos apreciadores do Licor de Portugal e de Café!!!!



 
 
 
Ingredientes:
 
800 g de cubos de gelo
100 g de açucar ou equivalente em adoçante
200 g de natas magras
2 c. sopa de café solúvel
60 g de Licor Beirão
Q.b. de chocolate amargo em pó para polvilhar 
Q.b. de chocolate granulado para decorar
 
 
Preparação:
 
Coloque no copo o açucar e pulverize 10 seg. vel. 9 ( reserve );
Coloque no copo 200 g de gelo e pique 5 seg. vel. 5;
Repita o processo com mais 200 g de gelo ( reserve as 400 g de gelo picado );
Coloque no copo o açucar, as natas, o café, o Licor Beirão e as restantes 400 g de gelo e triture 2 min. vel. 7;
Adicione o preparado ao gelo que picou e reservou;
Sirva polvilhado com o chocolate em pó e granulado;
 
 

Por ser algo doce esta é uma bebida principalmente do agrado das senhoras!!!





Fonte: Bimby MP Junho 2013









terça-feira, 16 de julho de 2013

Caravelas de meloa

.........fresquinha e deliciosa.....!!!!!
 
 
   A sugestão que vos trago hoje é simplesmente uma maravilha....para mim é suficiente como refeição mas normalmente serve-se como uma entrada ou lanvhe de fim de tarde!!!
 
Nesta época do ano em que as meloas estão mais docinhas e exalam aquele cheirinho tão agradável e adocicado....quando as vejo, no primeiro que penso é: - meloa com presunto ou com queijo...hummmmm........é que adoro.....prefiro até com queijo, é tão bom....
 
  Claro que não é nenhuma novidade para ninguém....no entanto a forma de apresentar pode-o ser e eu acho que ficou um prato muito bonito mesmo.....até bastante apelativo para AS CRIANÇAS..... e se estas não gostarem de presunto podemos colocar fiambre ou até salsichas cocktail, porque não????
 
 


Ingredientes:

1 meloa média
150 g de presunto fatiado fino
100 g de queijo flamengo
 Ketchup q.b.

Tostas q.b.
Queijo creme q.b.
Sultanas q.b.
Coentros q.b. para decorar

* Palitos ou " espetedas " de bambú


Preparação:

Corte a meloa em fatias com forma de barco e retire a casca;
Disponha num prato de servir;
Dobre as fatias de presunto formando um triângulo e coloque num dos lados dos barcos de meloa;
Corte o queijo em quadrados ou retângulos;
Em cada palito coloque um pedacinho de queijo e espete numa ponta do presunto de forma a segurar na meloa;
Deite pingos de Ketchup sobre a meloa ( no lado que não tem presunto );

**Prepare as tostas com o queijo creme e distríbua sultanas por cima;
    Decore com coentros;



Acompanhe com pão se preferir......é uma delícia !!!



Fonte: Auto-criação




segunda-feira, 15 de julho de 2013

Gelado de frutos silvestres , iogurte e leite de côco

NHAMMMMM........NHAMMMMMM.......BOOMMMMMM.......
 
  Com estas temperaturas tão altas só apetece comer geladinhos.....principalmente daqueles que não são enjoativos pelo excesso de doce!!!! Na Bimby é um instantinho enquanto se fazem uns geladinhos ou uns sorvetes, o pior é que temos que esperar que congelem pois apetece comer imediatamente só de provar....hummmmm!!!!!!
 
Este gelado que fiz é uma receita Bimby da MP Junho 2013......adaptei-a ao meu gosto, dei-lhe um toque pessoal e ficou uma delícia pouco calórica....
A cor deste geladinho é linda e podemos sempre adicionar mais algum ingrediente a gosto para saborear esta maravilha fresquinha!!!!
   Fiz 2 versões para ver qual resultava melhor, e na verdade ambas resultaram muito bem.....para adultos e para crianças.....ora vejam!!!
 
 

Ingredientes:

250 g de frutos silvestres congelados
150 g de açucar
3 iogurtes naturais magros
200 g de leite de côco
10 g de sumo de limão


Preparação:

Coloque no copo da Bimby 100 g de açucar e pulverize 5 seg. vel. 9 ( reserve );
De seguida coloque no copo os frutos silvestres, o sumo de limão e as restantes 50 g de açucar e programe 20 min. 100ºC vel. 1 ( reserve e deixe arrefecer por completo );
Limpe o copo e coloque o iogurte, o açucar em pó e o leite de côco e envolva 15 seg. vel. 3;
Adicione o preparado de frutos silvestres e envolva ligeiramente com a espátula;
 
*Distribua por formas de gelado e leve ao congelador  ( utilizei bases plásticas de ovos para fazer meias esferas de gelado e formas para gelados de criança )
 
*Desenforme no momento de servir
 

Decoração dos pratos:

Q.b. de amêndoa laminada
Q.b. de geleia de morango
Q.b. de licor de amêndoa amarga





Pode tornar os gelados mais divertidos para as crianças.....deixo uma sugestão.....chocolate granulado bem frio.....!!!!!!
 
 
Saudáveis e tão bons....vão adorar!!!!
 
 
 
Fonte: Adaptado de Bimby MP Junho 2013
 
 
 
 

sábado, 13 de julho de 2013

Bolo de Laranja inteira e canela

Uma fatia de bolo caseiro sabe sempre bem!!!

   Cá em casa adoramos tudo o que é feito com laranja, tal como este bolo que vos trago hoje....
A receita é do Livro Base da Bimby....um bolo delicioso e muito simples.
Faço muitas vezes e sai sempre bem. Ideal para um lanche com chá ou sumo de fruta....fica mesmo fantástico!

   Gosto de misturas e normalmente dou sempre um " toque " diferente às receitas, para variar um pouco e desta vez adicionei canela!!! o sabor e o aroma da canela são irresistíveis e tornam tudo ainda mais saboroso.....

 
 
 

Ingredientes:


1 Laranja inteira com casca
Sumo de 2 laranjas
200 g de açúcar
100 g de óleo
4 ovos
300 g de farinha
2 c. de chá de fermento em pó
1 c. chá de canela mal cheia




Preparação:


Ligue o forno a 180ºC;

No copo da Bimby coloque a laranja inteira com o sumo de 1 laranja e programe 15 seg. vel 9;

Junte o açúcar, o óleo, os ovos e programe 2 min.  37ºC vel 4;

Adicione a farinha, o fermento e a canela e programe 15 seg. vel 3;

Coloque numa forma de coroa untada com margarina e polvilhada de farinha;


Leve ao forno cerca de 30 minutos ( faça o teste do palito );

Terminado o tempo, retire do forno e deixe arrefecer;


Pode ainda polvilhar com açúcar em pó ou regar com sumo de laranja;

* Prefiro o açucar em pó pois o bolo já tem bastante laranja




Fonte: Bimby Livro Base