sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Mousse de frutos vermelhos e pistachios

....mais ou menos light....

Quando a família nos visita a alegria é imensa, muita conversa, risos e gargalhadas!!!
São dias tão bem passados que não apetece que terminem. É à mesa que passamos a maior parte do tempo....aquele tempo que parece voar...mas que tentamos aproveitar da melhor maneira!!! 
Quando recebo família ou amigos tento fazer pratos principais diferentes bem como sobremesas.....normalmente mais do que uma para tentar agradar a todos. Nesta última reunião de família fiz uma receita nova, uma mousse de cor linda e textura cremosa mas de sabor suave e pouco doce.....a pensar no mano que não pode abusar dos doces. A verdade é que ficou excelente e agradou aqueles que a preferiram.




Ingredientes:

150g de frutos vermelhos em puré
1 pacote de cuajada
2 iogurtes de aroma morango

1 copo do iogurte (medida) com leite
1/2 lata de leite condensado magro





Bimby

Preparação:

Colocar no copo o leite, a meia lata de leite condensado, a cuajada e programar 5 minutos/temp 90ºC/vel.5;
De seguida adicionar os frutos em puré e programar 1min/vel.3.;
Por fim adicionar os iogurtes e envolver uns segundos;
Distribuir por taças e decorar a gosto.





Decorei com compota de frutos vermelhos e pistachios!!!



Nesta receita usei:


Agradeço à Sanzé os excelentes produtos enviados.




Não esqueçam....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....



Saber mais:
pistache ou pistáchio (Pistacia vera) pertence à família da Anacardiaceae e género Pistacia. Tanto a árvore quanto o fruto seco verde possuem essa denominação. É uma árvore de folha caduca e pequena (5 a 7 metros de altura, e que tende a inclinar-se) com folhas pinadas dióicas, nativa do sudoeste asiático (Ásia MenorIrãoSíria e Israel e Palestina), de onde se estendeu o cultivo à região mediterrânica e à Califórnia.
Os grãos são mais frequentemente consumidos inteiros, torrados e salgados (como os amendoins) ou frescos.
Também é famoso o sorvete de pistache, de coloração verde. É utilizado em doces como a baklava e frios como mortadela.
Habitantes do meio-oeste americano fazem salada de pistache, que inclui pistaches frescos, ou pudim de pistache, conservas de frutas e, por vezes, queijo cottage ou marshmallow.
Um estudo americano publicado no Journal of Nutrition sugere que o pistache é mais rico em betacaroteno e vitamina E do que outros tipos de nozes, e que, se incorporado à dieta, pode aumentar os níveis de antioxidantes no sangue de pessoas adultas com colesterol alto1 .
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.




Fonte: Adaptado do Blog Delícias da Pipas




Bolo de chocolate negro na MFP

Continuo com as experiências na MFP. Desta vez a escolha recaiu num bolo de chocolate negro que resultou muito bem tanto a nível de apresentação como de sabor e textura. Mais uma vez fiquei satisfeita com o resultado.




Ingredientes:

3 ovos
1/2 chávena de óleo vegetal
30 gr de margarina vegetal
1/2 chávena de leite
1 chávena de açúcar
75 gr de chocolate em pó
2 e 1/2 chávenas de farinha para bolos
75 gr de chocolate negro
* Chocolate em barra partido em cubinhos - opcional




Preparação:

Numa tigela colocam-se os ovos, a margarina, o óleo, o chocolate derretido e o açúcar e bate-se bem;
Junta-se o leite, acrescenta-se o chocolate em pó e por fim a farinha;
Deita-se na forma da MFP e selecciona-se o programa Bolos;
*Quando faltarem 15 minutos para o programa terminar deita-se por cima o chocolate partido em cubinhos;
Verificar com um palito se necessita de mais cozedura;
Terminado o tempo, retirar o bolo da cuba e deixar arrefecer.





Delicioso...pouco doce.....!!!





Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá!!!







Fonte: Adaptado do Blog Comidinhas da Elsa


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Parceria Casa da Prisca

É com satisfação que informo da parceria entre o blog e a Casa da Prisca.



A tradição, o saber-fazer e a reputação dos produtos Casa da Prisca são o resultado de um amor à gastronomia e aos produtos da terra..... 

Desde 1917 que esta actividade está presente de forma ininterrupta, tendo os ensinamentos, a filosofia e o prazer de transformar as melhores carnes, frutas e vegetais passado de pais para filhos e de filhos para netos ao longo de quatro gerações.

Eram os nossos bisavôs que elaboravam e colocavam os enchidos nas varas para serem secos e fumados, lentamente, numa divisão da casa onde o fogo e a lareira eram Reis e Senhores.

Desde então para cá, as pessoas - que diariamente se esforçam para levar à sua mesa o melhor sabor - e a qualidade dos produtos Casa da Prisca continuam a ser as traves mestras do sucesso.

O grande marco na tradição dos produtos Casa da Prisca aconteceu em 1995 quando Agostinho da Fonseca dos Santos e a sua esposa, Maria da Conceição Belo Plácido, decidiram iniciar a construção de novas instalações em Trancoso, onde colocaram o saber-fazer ancestral e a mais moderna tecnologia ao serviço da qualidade dos produtos e da segurança alimentar. As sinergias daqui resultantes potenciaram fortemente a Casa da Prisca no mercado, onde ocupa hoje uma posição de referência.

A forte ligação à região onde nos inserimos impele-nos a potenciar o desenvolvimento da mesma, das suas pessoas e dos seus recursos. Este propósito de um desenvolvimento sustentado abriu horizontes e alargámos a actividade para outras áreas, como elaboração de compotas, marmeladas, pastas e patés, reavivando também a doçaria regional com a produção das deliciosas Sardinhas Doces de Trancoso.

Demos também início à reinserção da raça Bísara no concelho de Trancoso, alargando também a actividade para a área do turismo, do lazer e do comércio de produtos regionais, tendo para este efeito já constituído uma nova empresa, a Sabores e Bem Receber, Lda.


Produtos Casa da Prisca:
A Casa da Prisca tem no mercado um vasto leque de produtos regionais de qualidade superior. Produtos de charcutaria tradicional, de onde se destacam os Presuntos e as saborosas Alheiras, as compotas da gama Receita Caseira, as compotas PRISCA gourmet, bem como todos os maravilhosos patés e pastas que fazem as delícias do palato mais guloso e exigente. O mais puro Mel, o queijo de Ovelha Serra da Estrela e o queijo de Cabra Transmontano, os frutos secos. A garrafeira é bem cuidada, os azeites e os vinagres estão presentes, acompanhados de licores e aguardentes tentadoras. Uma escolha variada e prazerosa.



Saiba mais em:









Agradeço à Casa da Prisca os excelentes produtos que me foram enviados.

sábado, 23 de novembro de 2013

Mil Folhas


O Bolo Mil Folhas é mais uma irresistível delícia.....

Um dos meus bolos de pastelaria favoritos é o mil-folhas...adoro bolos folhados.
Andava para fazer esta receita há imenso tempo e finalmente tomei coragem, sempre me pareceu que seria uma receita difícil...estava totalmente enganada!!!
Gostei imenso de dar forma e cor a esta delícia e o resultado foi surpreendente....pela positiva!!! cá em casa ficaram maravilhados com o aspeto e quando provaram renderam-se ao sabor leve e à textura suave e delicada...!!!!
A este bolo também lhe chamam Napoleão mas eu nunca me adaptei a esse nome, parece-me estranho...não sei porquê...!!!!
Na hora de " o apresentar " podemos optar por servir como bolo, ou então em doses individuais...quanto a mim fica lindo servido como bolo.




Ingredientes:

2 bases de massa folhada (retangulares do Lidl)
400 gr. de leite
160 gr. de açúcar
3 ovos + 1 gema - a clara é usada na decoração
50 gr. de Maizena
2 c. de chá de açucar baunilhado Suldouro
20 gr. de margarina


Para a decoração:

1 clara
150 gr. de açúcar em pó
2 c. chá de chocolate em pó
1 c. chá de água



Bimby

Preparação:

Pré- aqueçer o forno a 180°C.

Cortar as massas folhadas ao meio, no sentido do maior comprimento e deixar em cima da película de papel vegetal - colocar num tabuleiro de forno;
Proceda na mesma forma para a outra massa folhada;
*Levar ao forno até ficarem douradas;

Colocar no copo da Bimby o leite, o açúcar, os ovos e a gema, a maizena, o açucar baunilhado e a margarina e programar 6 min. vel. 4 temp. 100ºC.;
Retirar para um recipiente e deixar arrefecer;

Para a decoração:

Coloque a clara num recipiente e bata com um garfo;
Quando começar a ficar esbranquiçada vá adicionando o açúcar em pó colher a colher (usei colher de chá) sem parar de mexer e reserve;

Para fazer o trabalhado de chocolate, retire para um recipiente 1 colher de sopa de creme branco e junte o chocolate em pó e a água, misture bem;
Coloque num saco de pasteleiro com bico simples e reserve;

Para empratar:

Coloque por camadas a massa folhada e virada ao contrário para que fique com a parte mais lisa para cima e barre com 1/3 do creme de pasteleiro;
De seguida coloque a outra metade por cima e proceda da mesma forma;
Coloque a última camada de massa folhada e barre as laterais com o creme;

Decore com o creme branco utilizando uma espátula - cobrindo toda a superfície da massa folhada;
De seguida com o creme de chocolate faça riscas no sentido do maior comprimento;
Por fim, com um palito, arraste o creme de chocolate levemente no sentido do menor comprimento - uma vez para um lado e outra vez para o outro;
Coloque no frigorífico até servir.



Lindo bolo....




Perfeito para degustar com um chá, café, um licor.....



Nesta receita usei:



Agradeço à Suldouro os excelentes produtos.




Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá....



Saber mais:
O Mil-folhas é um bolo de origem Francesa, de grandes ou pequenas dimensões, feito com massa-folhada e recheado com um creme.
Em Portugal este bolo, muito apreciado, é sempre individual, coberto com uma camada de açúcar com pinceladas de chocolate e o recheio é constituído por um creme pasteleiro, ao qual se juntam natas e doce de ovos.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre





Fonte: Adaptado do Blog Eu sou Gulosa














Listagem e Resultado do Passatempo "Sabores da Ponte"

E chegou o momento de revelar quem venceu o passatempo da "Sabores da Ponte" em parceria com o Blog A Nel na cozinha das maravilhas.
Foi com muita satisfação que vi a listagem com 50 participações.

As participações foram sorteadas pelo método ” Random.org ” depois de terem sido numeradas por ordem de chegada.


São elas as seguintes:



Lista de Participantes







E quem venceu foi:






A participante nº  - 39 Isabel Oliveira

Parabéns!!! aguardo que me envie os seus dados para o email: anelnacozinhadasmaravilhas@gmail.com afim de que se proceda ao envio do lote de produtos para a sua residência.
Tem 48 horas para enviar os seus dados e se tal não acontecer farei um novo sorteio no dia 25 de Novembro.


Grata a todos aqueles que participaram neste passatempo e que ficaram a conhecer melhor o Blog e a "Sabores da Ponte" !!!

Nel

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Pão de trigo na MFP

...mais uma deliciosa experiência...

Continuo rendida ao pãozinho que a minha MFP faz....fica um cheirinho na cozinha que é uma maravilha!
Estou agora a conhecer o vasto leque de preparados para pão que existem no mercado, são diversas farinhas preparadas para MFP às quais apenas é preciso juntar água.
Podemos encontrar preparados para pão branco, rústico, de sementes, de soja, brioche e outros mais... basta escolher tipos e marcas.
Existem à venda no Lidl diversas farinhas de origem alemã , que já incluem fermento e sal e que têm um preço bastante acessível comparando com outras marcas.
Para fazer pão com as farinhas do Lidl, basta seguir as instruções da embalagem ou seja juntar a água e a farinha na cuba e meter o pão a fazer.
Aconselho ler sempre as instruções sobre as quantidades de água e farinha, e qual o programa a utilizar, as quais estão escritas no pacote. 
Foi no Lidl que comprei 3 preparados diferentes e já os testei, sendo que um deles pedia 370 ml de água e não 350 ml como os outros e ainda 1 colher de chá de azeite. Segui a mesma orientação para os outros 2 preparados e resulta na perfeição já que conseguimos um pão alto, fofo e saboroso!!!.




Ingredientes:

500 gr de preparado para pão de trigo Lidl
370 ml de água
1 c. chá de Azeite Virgem Extra Herdade da Figueirinha




Preparação:

Seguir as instruções da embalagem;
A meio da cozedura ( sinal sonoro da máquina ) podem adicionar-se ingredientes a gosto como sementes, frutos desidratados, etc....
**selecciono sempre o programa para pão com crosta dourado médio.




O pão feito na MFP tem sempre forma rectangular mas assume diversos formatos na parte superior podendo ficar mais liso, mais " trabalhado " ou até irregular como foi o caso deste pão que cresceu mais de um dos lados.

Nesta receita usei:



Agradeço à Monte Novo e Figueirinha os excelentes produtos.





Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....






domingo, 17 de novembro de 2013

Rolinhos de mortadela em flor

Cada rolinho uma maravilha...

Esta é uma sugestão bem simples de preparar mas muito saborosa e que pode surpreender quando fazemos uma apresentação vistosa. Ideal para o tempo frio, estes rolinhos sabem ainda melhor quando servidos quentes ou mornos e são bastante versáteis....tanto nos podem deliciar num lanche como numa refeição mais leve ou até mesmo para as crianças levarem para a escola!!!
O recheio pode variar de acordo com o que temos em casa e garanto que ficam sempre bem estes rolinhos.....já fiz tantas " versões " que de algumas nem me recordo....bem antes de ter o blog....cá em casa este petisco já tem bastante tempo...!!!!




Ingredientes:

1 placa de massa folhada retangular do LIDL
Q.b. de margarina liquida
Q.b. de molho para pizza Flor das Hortas
Q.b. de mortadela
Q.b. de queijo ralado
Q.b. de oregãos folhas Chaparral-Flor das Hortas




Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º C
Retire a massa folhada do frio e deixe à temperatura ambiente uns minutos;
Estique a massa sem retirar o papel que a envolve;
Pincele a massa com a margarina;
Distribua o tomate frito;
Polvilhe com o queijo ralado e os oregãos;
Finalize com a mortadela;

*Enrole a massa formando um rolo e corte-a em fatias de cerca de 2/3 dedos.
*Coloque as fatias numa forma redonda ( em forma de flor ) com espaço entre elas para que a massa possa folhar.
*A meio da cozedura pincele com ovo batido.





Decore com manjericão!!!!



Nesta receita usei:






















Sugiro que acompanhe este prato com:
Quinta da Lixa Vinho verde servido à temperatura de 10 a 12ºC. 
É um Vinho Verde de Aroma Frutado com notas florais 
Paladar: Seco Frutado, elegante e persistente
   



Agradeço à Pimensor e à Quinta da Lixa os excelentes produtos.




Não esqueçam....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá....





Fonte: Auto-criação




O meu Backstage


Estou muito satisfeita porque concretizei mais um dos objetivos que tinha delineado para o blog!!!! também são estas pequenas grandes coisas que nos dão incentivo para evoluir e continuar a trabalhar e partilhar...!!!
Hoje terminei o meu Backstage, está lindo e ainda cheira a Bondex. Claro que faltam coisinhas....alguns adereços para a decoração, uns livros de food fotography....enfim...!!!! 
Eu e a Nikon estamos desejosas de meter mãos ao trabalho e ansiosas por ver o resultado.....!
Aos poucos, ao sabor do tempo tudo vai ganhando forma.







Este não é o sítio onde irá ficar pois apesar de ter muita luz não é a suficiente....já tem um cantinho destinado que é bem mais recatado e calmo!!!








sábado, 16 de novembro de 2013

Bolo de limão na MFP

Sem trabalho nenhum...

Descobri as maravilhas da Máquina de Fazer Pão há 2 semanas, quando o marido chegou com uma a casa sem eu estar à espera.
Só tenho feito pão, seguindo as receitas do livro que acompanha a máquina e a verdade é que estou rendida....que bom que ele é, eu adoro o integral pois é excelente! Podemos adicionar ingredientes a gosto e programar a máquina para poder desfrutar de um delicioso pão quente pela manhã, tarde ou noite. Não fiquei com nenhum registo de pão porque assim que sai da cuba é logo " confiscado "....!!!!
O primeiro bolo na MFP foi feito pelo marido...era de canela e delicioso por certo mas não o consegui fotografar para colocar no blog....também não deu tempo.....!!!
 
Desta vez, fiz um bolo de limão para a ceia e aqui está ele....lindinho!!!!
Coloquei todos os ingredientes na cuba e a própria máquina bateu o bolo. Está à vista que não correu mal pois o bolo cresceu razoavelmente bem e estava muito saboroso, contudo a minha opinião quanto à MFP é a de que é excelente para amassar e cozer pão e fazer massas de pizza.


Ingredientes:

4 ovos
200 gr de margarina
150 gr de açúcar
250 gr de farinha com fermento
Raspa de 1 limão




Preparação:

Batem-se os ovos numa tigela e deitam-se para dentro da cuba da máquina de fazer pão;
Seguidamente coloca-se a margarina derretida e a raspa de limão;
Termina-se adicionando o açúcar e a farinha.

*Seleccionar o programa Bolos;
Retirar a cuba da máquina e deixar arrefecer o bolo durante algum tempo;
Desenformar tendo cuidado ao retirar as varas de amassar para não "estragar" o bolo.


Sirva simples ou com recheio e cobertura a gosto.




Não esqueçam....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....






Fonte: Blog Comidinhas da Elsa









Parceria com DFJ Vinhos

DFJ Vinhos
É com imensa satisfação que comunico a parceria entre este blog e a empresa DFJ Vinhos.
Convido-vos a conhecer esta empresa, fundada há uma década por José Neiva Correia e que já marcou território nacional e internacional, pela excelente qualidade e diversidade dos seus vinhos.

O ENÓLOGO JOSÉ NEIVA CORREIA

Nasceu e cresceu em terra de vinhos e vinhedos naquela que muitos historiadores consideram ser uma das propriedades mais antigas do concelho de Alenquer e cuja origem é anterior à nacionalidade – a Quinta de Porto Franco. É a este terroir de excelência que José Neiva Correia, 59 anos, um dos enólogos que mais vinhos assinou em Portugal, vai buscar grande parte da matéria-prima para produzir as melhores colheitas da DFJ Vinhos, a empresa que fundou há uma década e que hoje é responsável por uma produção média anual de seis milhões de garrafas, 33 marcas e 77 vinhos diferentes, oriundos de todas as regiões portuguesas, do Douro ao Algarve, exceptuando a dos Vinhos Verdes.

Descendente de várias gerações de vitivinicultores, tanto do lado do pai, como da mãe, José Neiva Correia seguiu a tradição familiar com gosto e profissionalismo. Quem bem o conhece ou com ele trabalha gaba-lhe a criatividade e o entusiasmo com que assina cada um dos seus muitos e variados vinhos, em que mistura castas improváveis com resultados surpreendentes. Sejam topos de gama a preços superiores e com tiragens reduzidas ou maiores volumes destinados a satisfazer os grandes mercados internacionais, a exigência pela qualidade do produto final é, convictamente, a mesma, sem qualquer pretensão. Há que saber fazer, muito bem e de tudo.

Como enólogo, tem vindo a desenvolver um trabalho pioneiro na implantação de novas castas em Portugal, a promover uma agricultura mais amiga do ambiente e, inclusivamente, a procurar encontrar soluções para um dos grandes problemas com que se debate o sector vinícola: a correcta vedação das garrafas com rolhas de cortiça.

Rigoroso e dado à investigação, chegou a desenvolver e patentear um método de desinfecção das rolhas através do ozono (que acabou por vender ao Grupo Amorim) e que contribui para a diminuição do teor do famigerado TCA (o composto Tricloroanisol causador do chamado “cheiro a rolha”), o maior inimigo dos enólogos.

Sendo o sexto de oito filhos, José Neiva Correia ainda hoje possui, juntamente com os irmãos, a Rui Abreu Correia, Herdeiros, uma das maiores casas agrícolas da Estremadura que, entre várias outras culturas, é também detentora de 200 hectares de vinha distribuídos pelos concelhos de Alenquer e de Torres Vedras.

Saiba mais sobre a DFJ Vinhos em http://dfjvinhos.com/vinho



Foi com muita satisfação que recebi este cabaz de vinhos para conhecer e experimentar nas minhas receitas. 



O meu agradecimento à DFJ Vinhos pela gentileza.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Taça creme custard e frutos

Deliciosa....

Gosto muito de creme custard. O sabor a baunilha, a textura cremosa com que fica e a cor amarelada faz deste creme uma maravilha para comer simples ou utilizar como ingrediente em diversas iguarias.
Pelo facto de ser uma sobremesa de elaboração e solidificação rápidas, decidi fazê-la e distribuir em taças dando um toque diferente com frutos e topping de chocolate.

Consegui umas taças lindas e deliciosamente diferentes, conjugando a cremosidade da custard com o crocante da maçã desidratada e das sementes de girassol.



Ingredientes:

Q.b de creme custard
Q.b. de maçã desidratada vermelho doce FRUUT
Q.b. de amêndoa moída
Q.b. de topping de chocolate
Q.b. de sementes de abóbora SANZÉ



Preparação:

Faça o creme custard de acordo com as instruções da embalagem.

Deixe arrefecer um pouco e monte as taças:

- coloque no fundo de cada taça um pouco de topping e cubra com amêndoa moída;
- Deite colheradas de creme até um pouco mais de meia taça;
- No centro coloque pedacinhos de maçã desidratada formando um montinho;
- Adicione novamente amêndoa moída por cima da maçã;
- Distribua as sementes de abóbora;
- Termine com umas gotas de topping;

**Decore com fatias de maçã desidratada.



Sirva morno ou fresco...é igualmente delicioso!!!



Nesta receita usei:




Agradeço à Sanzé e à Fruut os excelentes produtos.




Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....





Fonte: Auto-criação




























LIDL - Momentos Mágicos Deluxe

Este ano o LIDL pretende dar a conhecer a alguns bloggers produtos nacionais da marca.
A Nel na Cozinha das Maravilhas foi selecionado como um blogue de interesse, o que me deixou muito satisfeita.


Ontem o LIDL teve a gentileza de me enviar este fabuloso cabaz de produtos Deluxe. Quem ficou contentíssima e ansiosa foi a minha filhota R. que pediu logo para abrir o presente tão lindo. Adorámos o cabaz sendo que a R. ficou deliciada com a decoração natalícia em forma de pinheirinhos. 




As lojas LIDL de todo o país são Deluxe e transmitem verdadeiros “Momentos Mágicos”, transportando os clientes para um ambiente festivo, onde impera o tom vermelho que simboliza o amor e o calor humano, próprios da época natalícia.
A seleção de artigos foi cuidadosamente feita tendo em conta a nossa cultura e tradições natalícias, com uma preocupação acrescida de vender português, mas sem esquecer os produtos de referência do LIDL como os chocolates.
Assim, a campanha “Momentos Mágicos” promove a venda de vinhos nacionais, moscatel de Setúbal, sortidos de frutos secos, tâmaras com noz, bolo–rei de laranja e chocolate e ovos-moles de Aveiro, entre outras iguarias portuguesas.




A Associação Ajuda de Mãe, foi quem carinhosamente compilou este cabaz, através do serviço de reintegração profissional para as suas utentes.
 
Os meus parabéns ao LIDL pela confiança nesta instituição, iniciativa e qualidade de 
produtos.


O meu agradecimento ao LIDL.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Pescada colorida no forno

Cor e sabor....

  Cá em casa apreciamos muito refeições com pescada e como tal tento diversificar as formas de a confeccionar, desde as mais saudáveis às mais " gulosas "...!!!! 
A receita que vos trago encontrei-a numa das minhas deambulações pela blogosfera...achei o aspeto tão colorido e apelativo que não resisti a fazê-la. 
 Embora esta versão tenha um razoável número de calorias, cá por casa não nos preocupamos muito, pois precisamos é de engordar e não de emagrecer....e dias não são dias....soube e soube....uma maravilha que recomendo!!!


Ingredientes:

Cobertura:
Q.b. de coentros folhas Chaparral-Flor das Hortas
50 gr de pão seco

Raspa de 1/2 limão

Recheio:
400 gr de medalhões de pescada
Sumo de 1/2 limão
1 cebola grande
2 c. chá de massa de alho Flor das Hortas
Q.b. de coentros frescos
Q.b. de espinafres ( usei congelados-6 bolinhas )
3 cenouras
25 gr de Azeite Virgem Extra Herdade da Figueirinha
Q.b. de pimenta preta moída Suldouro
180 gr de batata frita palha( 1 pacote ) Sanzé

Béchamel
:
800 gr de leite
70 gr de farinha
30 gr de azeite
1 c. de sopa de coentros folhas Chaparral-Flor das Hortas
Raspa de 1/2 limão

Q.b. de Tempera tudo Flor das Hortas



Preparação:

Cobertura:
Colocar todos os ingredientes no copo da bimby e ralar 10 seg./vel 7. e reservar;

Recheio:
Temperar a pescada com o sumo de limão e reservar;
Colocar no copo a cebola, a massa de alho, os coentros, os espinafres, a cenoura e o azeite e picar 5 seg./ vel5.;
Refogar 5min./ Varoma / vel1.;
Temperar com o tempera tudo e a pimenta e juntar o peixe;
Programar mais 6 min./ 100ºC/ colher inversa / vel.colher.;
Desfazer o peixe grosseiramente com a espátula;
Distribuir o peixe num tabuleiro e misturar as batatas palha;

Béchamel e Montagem:
Sem lavar o copo colocar todos os ingredientes e programar 8 min./ 90ºC / vel4.;
Deitar algum béchamel para envolver o preparado e usar o restante para cobrir;
Polvilhar com o pão ralado e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC para gratinar.



Nesta receita usei:
                                                                                  




                           

Desfrute deste prato combinando-o com as deliciosas azeitonas mistas Cachola & Muacho




Sugiro que acompanhe este prato com:
Amnésia Branco 2012
O Amnésia Branco 2012 é um vinho Regional Alentejano produzido a partir das castas Chardonnay, Antão Vaz e Arinto. Apresenta cor amarelo citrino, aroma a frutos tropicais e sabor fresco. 
Consumir entre 11 a 12ºC.


Agradeço às empresas referidas os excelentes produtos.




Não esqueçam....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá....




Fonte: Adaptado do Blog O bolinho de sábado