quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Tarte de laranja



Hoje é o feriado da minha cidade. 
Apontada como uma das mais importantes da Guerra da Restauração, a Batalha das Linhas de Elvas ocorreu a 14 de janeiro de 1659, nos arredores da cidade raiana de Elvas, no distrito de Portalegre. A batalha foi considerada a primeira grande vitória militar dos portugueses sobre os castelhanos na Restauração de Portugal.
Um dia importante para a cidade de Elvas e os Elvenses, que cada um comemora à sua maneira.
Cá por casa em dias de festa à doce e este dia não é excepção. Uma tarte muito simples e rápida de fazer, que requer poucos ingredientes mas que está carregada de vitamina C para nos proteger nas "Batalhas do nosso dia a dia".

Uma sobremesa para toda a família!!!!!.



Ingredientes:
1 base redonda de massa quebrada refrigerada de compra
5 laranjas grandes
1 pacote de natas magras
4 ovos M
80 gr de açúcar amarelo

1 c. sopa cheia de Maizena Express
Q.b. de açúcar amarelo granulado
Q.b. de Spray desmoldante GB Panol Sodifer

Preparação:
Comece por pulverizar uma tarteira de fundo amovível com o desmoldante;
Forre a tarteira com a massa, coloque papel vegetal sobre a mesma e encha o fundo com algumas leguminosas;
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de10 minutos para que a massa fique ligeiramente cozida;
Retire do forno e reserve;
*Prepare o recheio da tarte começando por bater os ovos com o açúcar e as natas até obter um creme homogéneo;
Junte as raspas de 2 laranjas e o sumo de 4 laranjas e misture;
Coloque um pouco de sumo de laranja numa tacinha, adicione a Maizena e dissolva;
Adicione a maizena ao preparado e mexa bem;
Verta o creme para a tarteira e leve ao forno;
Confirme que o creme já tem alguma consistência, puxe o tabuleiro/grelha com a tarteira ligeiramente para fora do forno e decore com finas rodelas da 5ª laranja;
Polvilhe as rodelas com o açúcar granulado para caramelizar e leve novamente ao forno para terminar de cozer;
Se achar necessário utilize o grill do forno para dourar a tarte;
Esta tarte fica consistente e firme mas ligeiramente cremosa, pelo que deve repousar no frigorífico antes de ser servida.



Aqui uma queijada de laranja que fiz com o recheio a mais.....para o meu paizinho...!!!!!


Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....





Nesta receita usei:

Forma de fundo amovível para tartes



Agradeço à Sodifer e à Metalúrgica Bakeware os excelentes produtos enviados.







Fonte: Auto-criação