quinta-feira, 5 de março de 2015

Risoto de bacalhau com tomate assado e ervas aromáticas


Se o Risoto é preparado com arroz arbório pelo facto deste manter o seu interior rijo e proporcionar uma excelente cremosidade às receitas devido à grande quantidade de amido que possui, a verdade é que nem sempre este tipo de arroz nos surpreende pela positiva,....depende da qualidade aliada à marca, do elevado preço....ou quiça é a forma como o confecionamos que não será a mais correta!!!?????....Na realidade existem tantas variantes de risotos, tantas receitas que nos mostram este antigo "prato" italiano na sua mais fiel origem, que muitas delas nem deveriam ser apelidadas de Risotos,.....ou será que estou enganada???.
Não há assim tantos anos que o arroz específico para Risoto começou a aparecer "nas lojas", digo aqui em portugal,.....dando-se a conhecer com maior ênfase nos grandes centros urbanos, onde o poder de escolha aliado às novidades chegam mais rapidamente.
Creio, que se há algo que une os italianos e os portugueses neste prato delicioso com as suas 1001 versões, tal como o rei.....é isso mesmo....o rei,.....o Risoto de bacalhau tem paladar português sem dúvida alguma!!!!.
Confesso que apenas uma vez fiz um prato de Risoto, este de vinho tinto e farinheira....um risoto que falava Português,.....fiz com arroz Carnaroli, cujo grão é mais longo mas também com uma grande quantidade de amido, o que tornou o prato bastante cremoso. Daí em diante, tenho feitos várias receitas mas sempre com um bom arroz carolino,.....na verdade ficam excelentes e a família prefere. Concluo, que para um Risoto ficar excelente, temos que optar por um bom arroz especial para Risoto, prepará-lo de forma correta e adicionar-lhe um ou mais queijos de qualidade superior,....que se derretam no momento em que entram em contacto com os grãos de arroz.
Obviamente, que a receita que vos trago não deveria chamar-se de Risoto já que este não foi usado mas a adaptação que fiz à receita original, sendo considerável, tornou este prato tão cremoso e delicioso que decidi não alterar-lhe o nome. 

 Bimby - Termomix
Ingredientes:
450 gr de bacalhau desfiado - usei Riberalves
80 gr de azeite
Q.b. de hortelã fresca
Q.b. de tomilho fresco
Q.b. de cebolinho fresco
200 gr de tomate congelado partido em pedaços (a receita original pedia tomate-cereja assado para acompanhamento) - para "assar" no microondas
20 gr de tomate seco - não usei
Q.b. de sal - usei Rui Simeão Tavira Sal
Q.b. de moinho 5 pimentas - usei Suldouro
1 cebola cortada em pedaços
3 dentes de alho
40 gr de vinho verde
300 gr de arroz carolino - usei Bom Sucesso
900 gr de água - acrescentar mais de acordo com o gosto
Q.b. de queijo de cabra ralado no momento - usei Palhais
 *Ervas aromáticas para decorar os pratos


Preparação:
Comecei por descongelar o tomate no microondas e escorrer a água em excesso;
Coloquei no copo da bimby 50 gr de azeite com as ervas aromáticas e triturei 10seg./vel.7 - reservei;
Num recipiente próprio coloquei o tomate, temperei de sal, pimenta e metade do azeite aromatizado e levei ao micro-ondas 20 minutos na função aquecer-grill;
Sem lavar o copo deitei a cebola, os alhos, 30 gr de azeite, o tomate e programei 5seg./vel.5 e mais 5min./varoma/vel.1;
Juntei o vinho, o arroz, a água e o sal e programei 8min./100ºC/vel.colher inversa;
No fim do tempo envolvi com a espátula para soltar o arroz e programei mais 3min./100ºC/vel.colher inversa;
Adicionei o bacalhau desfiado, envolvi e voltei a programar mais 4min./100ºC/vel.colher inversa;
Terminado o tempo o arroz estava no ponto de cozedura e muito cremoso;
*Servi de imediato regado com o restante azeite de ervas aromáticas e o queijo de cabra ralado no momento sobre cada prato.


Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá......





Agradeço às empresas referidas os excelentes produtos enviados.





Fonte: Adaptado de Bimby MP Janeiro 2015