segunda-feira, 25 de maio de 2015

Relembrar Parceria Condi Alimentar, SA

Parceria Condi Alimentar, SA


A Condi-Alimentar, S.A. foi fundada em 1991.

Com mais de 300 referencias no ativo, e clientes nos quatro cantos do mundo a CONDI ALIMENTAR tem sabido reagir à exigências do mercado alimentar, criando e desenvolvendo novas referências em função dos diferentes mercados, culturas e gostos.
A Condi procura acompanhar as tendências dos consumidores, criando sucessivamente novos produtos, dos quais destacamos : o puré de batata instantâneo, as gelatinas os pudins com açúcar e light, o pau de canela individualizado para mexer o café, as marinadas, os refrescos e muitos mais.

Na Condi damos primazia à qualidade dos produtos e à satisfação dos nossos clientes.
DSC00242     DSC00248

A Condi teve a amabilidade de me enviar mais dois dos seus produtos.


O meu agradecimento

Para mais informações vá a:

terça-feira, 19 de maio de 2015

Bacalhau com mascarpone

Há refeições que confortam e esta é uma delas, sem dúvida.....é a chamada confort food...!!!.
Gosto imenso de bacalhau no forno, bem simples ou mais "exigente", com uma mistura de ingredientes improváveis......mas sobretudo com cheirinho a caseiro...!!!. 
Esta é uma receita deliciosa de bacalhau cremoso e suave no forno, para ser servida no almoço de domingo e partilhar uma maravilha em família, ou em qualquer outro dia...porque simplesmente apetece.
Não é uma receita de bacalhau light, claro que não, mas tentei reduzir ao máximo as calorias, optando por utilizar ingredientes menos gordos.....e obviamente poderia ter utilizado batata cozida, sem que tal tirasse a essência e sabor da receita.....preguiça pura, confesso...., nestas situações tento comer somente q.b. porque sei, que não são propriamente light e o pecado mora ali ao lado.
Farei esta mesma receita light para "ousar" sem peso na consciência e dirvos-ei o resultado, porque esta é do outro mundo....um verdadeiro manjar dos deuses. 
O bacalhau ficou delicioso com o toque do mascarpone, que lhe confere uma textura e sabor tão diferentes.  
O queijo mascarpone, que até nem é queijo, é, na realidade, uma nata acidificada cremosa e escorrida... mas, que eu adoro, tanto em doces como em salgados e a prova disso está aqui..!!!.
Ingredientes:
300 gr de migas de bacalhau - depois de demolhado e arranjado
6 palitos de delicias do mar cortados em pedaços
1 cebola grande finamente picada
1 c. café cheia de alho seco granulado - usei Chaparral
Q.b. de azeite
Q.b. de salsa desidratada - usei Chaparral
180 gr de batata palha - usei de compra
200 gr de queijo mascarpone - mantenha 30 min. fora do frio antes de iniciar a receita
200 ml de créme ligeiro com 18% gordura - pode usar natas vegetais/magras/light/leite evaporado
1 folha de louro
2 ovos
Q.b. de sal
Q.b. de pimenta branca moída no momento
Q.b. de noz moscada moída no momento
Q.b. de cebolinho fresco

Preparação:
Comece por alourar no azeite a cebola;
Junte o alho, o louro, o bacalhau, a salsa e deixe cozer um pouco;
De seguida adicione as batatas e envolva bem;
Junte o créme ligeiro e envolva suavemente;
Com uma vara de arames bata os ovos com o sal, a pimenta, a noz moscada e o queijo;
Pique o cebolinho e junte à mistura dos ovos e queijo;
Retire a folha de louro;
Despeje a mistura do bacalhau num recipiente de forno e cubra com o creme do mascarpone;
Distribua as delicias do mar e calque ligeiramente para não se desfazerem;
Leve ao forno a gratinar a 200ºC até que a superfície esteja dourada e com uma crosta consistente;



Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá......







Fonte: Adaptado de kitchenet.aeiou.pt

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Pão meio integral de iogurte magro e morangos

Pão...o pão para mim não tem estação......, estação do ano seja dito....!!!!!....preciso dele em qualquer altura do ano, ao contrário de qualquer outro alimento. Cá em casa somos apreciadores de pão e muito....também não é de estranhar pois somos alentejanos....há pão excelente no alentejo!!!!.
Eu adoro fazer pão, é um dos alimentos que mais gosto de preparar, ver a transformação dos ingredientes....a metamorfose é simplesmente única. A variedade, forma, tamanho, cor, textura, cheiro do pão é algo que sempre me chamou a atenção......, o cheiro a pão quente, acabado de fazer é inconfundível e não há nada como um bom pão caseiro.
É errado pensar que fazer pão em casa dá muito trabalho, suja imenso a cozinha e demora muito tempo......, é uma conclusão que se tira precipitadamente sem sequer experimentar fazê-lo....,pelo menos uma vez na vida toda a gente deveria fazer o seu próprio pão, é uma experiência muito enriquecedora. No Jardim de infância as crianças têm esta experiência em grupo e garanto-vos que a alegria e satisfação de fazer o seu próprio pão, vê-lo crescer, cozer e depois poder comer o fruto do seu trabalho, "põe" na cara das crianças sorrisos que falam por si,....sentem-se capazes de criar.
Fazer pão é uma tradição com história, muita história mas é também para muitos uma arte sem a qual não vivem.
Na minha cozinha faz-se pão e as minhas filhas adoram ver fazer, participar e comer pão quentinho,.....desta forma habituaram-se a diversas variedades de pão e não estranham o pão integral.
Hoje trago-vos uma deliciosa sugestão de pão de iogurte, um pão cuja receita é excelente, muito completa, o que torna este pão diferente.....um pão que dispensa acompanhamento ou "conduto" como se diz por aqui.
Receita Bimby
Ingredientes:
100 gr de água
1/2 c. chá de sal grosso
1 c. sopa de mel - usei bio
30 gr de sumo de laranja
100 gr de azeite
25 gr de fermento de padeiro fresco ou 2 c. chá de fermento padeiro seco
150 gr de iogurte natural magro
1 ovo - usei bio 
1/2 c. chá de canela em pó
350 gr de farinha tipo 65
150 gr de farinha integral
Q.b. de morangos laminados para decorar
Q.b. de flocos de aveia

Preparação:
Coloque no copo a água, o mel e o fermento e aqueça 1min./ 37°C/vel1;
Junte o sumo de laranja, o azeite, o iogurte, o ovo e a canela e misture 15seg./vel3;
Adicione a farinha e o sal e programe 1min. e 30 seg./vel espiga;
Forre uma forma de bolo inglês com papel vegetal e despeje lá dentro a massa;
Deixe num local morno até que dobre de volume;
Decore a massa com os morangos e a aveia e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 30 minutos.
Desenforme e deixe arrefecer sobre uma rede antes de cortar.

Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....








Fonte: Adaptado de Bimby MP Julho 2014

Nuggets de frango com crosta de quinoa


Ponha o dedo no ar quem não gosta de fast-food??!!!. Penso que a maioria, temos ou tivémos um "fraquinho" por um hambúrguer ou uns nuggets....quentes e cheirosos, a chamar por nós no meio daquelas "placas luminosas e coloridas", que nos fazem crer estar perante a melhor iguaria do mundo. A verdade, é que de vez em quando todos passamos por lá...., aqueles restaurantes de comida rápida, cadeias multinacionais que têm um excelente marketing e fazem-nos imediatamente salivar e comer com os olhos.
Felizmente, nós por cá, só frequentamos em dias "diferentes" e já vai sendo algo que as crianças nem pedem. 
E se nos colocarmos a seguinte questão: É possível comer nuggets ou hambúrguers apelativos sem ser fast-food? Claro que é possível!......e nos tempos que correm, com a informação constantemente atualizada dos media, cada vez mais os consumidores estão alerta para os perigos da comida "de plástico". 
Se há uma "coisa" que as minhas meninas adoram comer são os ditos nuggets de frango, aos quais adicionam o ketchup e lambem os dedos. Há muito tempo que deixei de comprar estes produtos pré-cozinhados (comprava sempre uma marca de confiança), estou numa fase de recusa total, tanto pela composição dos mesmos que é tudo menos carne, como pelo exagero de preço pelo qual se encontram à venda. Nada melhor que ir para a cozinha e de forma fácil e simples preparar uns saudáveis, deliciosos e apelativos nuggets...,para as crianças e não só, estes nuggets ficam tão saborosos e crocantes que toda a família ficará a adorar. 
Desta forma não pesa na consciência dar fast-food aos nossos filhos..., porque é caseiro e porque é uma excelente sugestão até mesmo para o dia a dia...!.
Ingredientes:
600 gr de peito de frango - usei bio
1/2 limão (sumo) - usei bio
1/2 laranja (sumo) -usei bio
Q.b. de sal
Q.b. de pimenta branca
Q.b farinha integral
2 ovos batidos - usei bio
2 chávenas de quinoa cozida - de acordo com as instruções da embalagem
Q.b. de azeite
Folhas de tomilho

Preparação:
Corte os peitos de frango em pedaços pequenos e tempere-os com sal, pimenta e os sumos do limão e laranja - reserve;
Coloque a farinha num prato, os ovos batidos numa tigela e a quinoa num outro prato;
Passe os pedaços de frango pela farinha, de seguida pelo ovo e termine com a quinoa, deixando o frango bem coberto;
Unte um tabuleiro de forno com azeite e disponha os pedaços de frango panados;
Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC;
Polvilhe com tomilho e sirva com ketchup/molho de tomate.


Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá....





domingo, 10 de maio de 2015

Guisado de pota com legumes

Gosto bastante de preparar guisados, são refeições que ficam muito saborosas e com um molhinho irresistível que ainda agrada mais ao segundo dia, quando sobra é claro. Esta refeição foi preparada num destes recentes dias frios de primavera, contudo só hoje vai até vós.....num dia em que o sol brilhou neste meu cantinho alentejano e as temperaturas rondaram os 30ºC. Ainda que pareça uma refeição pesada, pelo aspeto cremoso e vermelho-castanho que apresenta, não o é de todo.....é um prato até muito suave e ligeiro já que só contém pota, legumes e temperos. 
Foi a primeira vez que troquei o tradicional feijão, cenoura e chouriço apenas por legumes e a alteração é garantidamente mais saudável, leve e deliciosa. Convido-vos a experimentar e certamente irão preferir esta versão tal como eu.
Receita bimby
Ingredientes:
500 gr de tiras de pota descongelada, limpa e em cubos
2 cenouras médias cortadas em rodelas
300 gr de feijão verde - usei fresco
1/2 pimento vermelho em pedaços - usei congelado
200 gr de maçarocas de milho bebés - usei congeladas
1 cebola média - usei bio
1 c. chá rasa de massa de alho - usei Chaparral/Flor das Hortas/Pimensor
50 gr de azeite - usei bio
60 gr de vinho branco
2 c. sopa de creme de marisco em pó
70 gr de polpa de tomate - usei Flor das Hortas/Pimensor
1 folha de louro
Q.b de sal
Q.b. de pimenta branca
Q.b. de coentros frescos - usei bio
Q.b. de oregãos frescos - usei bio
Hortelã fresca - usei bio

Preparação:
Colocar no copo o azeite, a cebola, os coentros, os oregãos e a massa de alho e programar 6seg./vel.5;
Refogar 5min./temp.100ºC/vel.1;
Adicionar os legumes e refogar 1min./temp.100ºC/vel.colherinversa;
Juntar a pota, a polpa de tomate, o vinho, o louro, o sal e a pimenta e programar 30min./temp.100ºC/vel.colherinversa;
Por fim adicionar o creme de marisco e programar mais uns minutos na mesma vel. e temp. até o molho estar a gosto (adicionar água se necessário);
*Servir com a hortelã

Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá......






Excelente sábado!!!!!

terça-feira, 5 de maio de 2015

Bolo rústico de banana


Os bolos com frutas são dos meus bolos preferidos, pois para além do sabor intenso com que nos brindam, os aromas que exalam são divinais. A verdade, é que cá por casa não saem com muita regularidade já que eu sou a única verdadeira apreciadora....,as crianças não os adoram mas em contrapartida comem imensa fruta fresca.
Esta receita nem sequer dá direito a errar,.....é rápida, simples, nutritiva e saudável mas também muito saborosa.....é um bolo bastante fofo e húmido.
Além de ser muito saboroso, este bolo de banana é confecionado com poucos ingredientes, aqueles que normalmente temos na nossa cozinha. Também o facto de se poder aproveitar fruta muito madura, a qual já não está apelativa, ganha pontos nesta receita....aproveitar, inventar, reinventar são palavras de ordem actualmente. 
Este bolo rústico, grosseiramente preparado, tem um sabor digno do padrão de qualidade dos bolinhos das nossas mães e avós.
Experimentem!!!!! 
Medida - chávena chá de 220 ml
Ingredientes:
4 bananas maduras esmagadas - usei um garfo
1/3 de chávena de manteiga derretida - usei azeite
1 chávena de açúcar mascavado
1 ovo L batido
1 c. de chá de aroma de baunilha
1 c. de chá de fermento em pó para bolos
1/2 c. café de sal grosso
1 c. café rasa de canela em pó
1 chávena de farinha de trigo
1/2 chávena de farinha integral de trigo

Preparaçao:
Pré-aqueça o forno a 180°C
Misture a manteiga e as bananas esmagadas;
Junte o açúcar, o ovo, a canela e a baunilha;
Adicione o fermento e o sal e misture bem;
Por fim junte as farinhas e envolva suavemente até obter uma pasta grossa;
Despeje a mistura numa forma de bolo inglês forrada com papel vegetal ou muito bem untada;
**Pode polvilhar com amêndoas ou outro fruto seco a gosto - eu utilizei uns mini corações de chocolate negro. 
Leve ao forno até o bolo estar cozido e dourado - faça o teste do palito.
Deixe arrefecer sobre uma rede.

Não esqueçam....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá......





Fonte:adaptado do blog eucomosim 

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Corvina no forno com limão e poejos

Sou fã de peixe assado no forno. Este género de comidinha de conforto remete-me para a infância, quando a minha mãe fazia deliciosos e enormes assados, principalmente aos domingos....., mais de carne do que de peixe, os tempos eram outros e no alentejo a carne tem primazia pela sua excelente qualidade. Confesso que nunca me custou comer, sempre fui uma boa boca, ou uma boquinha santa como se diz "pela planície alentejana". Sempre adorei peixe mas confesso também que o meu preferido eram as pescadinhas de rabo na boca com arroz de tomate,.....áiiiii que iguaria e tão bem que a minha querida mãe preparava estas maravilhas que nos enchiam o palato e o coração.
Afinal de contas um peixinho cái sempre bem, não é?.....para muitos não é certamente mas tudo é uma questão de hábito e de controlar a ingestão de proteinas. 
Faço peixe no forno bastantes vezes no tempo frio, naqueles dias feios que apetece ligar o forno....,mas apesar de estarmos em plena primavera o tempo tem estado chuvoso e os dias ventosos e feios.  Assim, num destes dias fiz esta corvina assado no forno, que muito bem acompanhada fez as delícias da família.
Fica então mais uma sugestão de peixinho no forno, uma receita muito fácil e ótima para o dia a dia, pois permite fazer outras tarefas em casa durante o tempo que o assado está no forno, e é ideal para aqueles dias em que não queremos passar muito tempo na cozinha e estamos com a preguiça em alta.
Ingredientes:
Peixe para assar - usei 1 corvina grande
1 cebola amarela cortadas em gomos
1 cebola roxa cortadas em gomos
1 c. sopa rasa de massa de alho - usei Flor das hortas-Pimensor
Q.b. de pimentão doce - usei Chaparral - Pimensor
1/2 pimento vermelho grande em palitos
1 kg de batatinhas novas com casca cortadas em meias luas
200 gr de castanhas congeladas
Q.b. de poejos frescos
Q.b. de oregãos frescos
Q.b. de tomilho fresco
Q.b. de cebolinho fresco
2 folhas de louro
2 limões médios - 1 deles em rodelas
Q.b. de azeite
Q.b. de sal grosso
Q.b. de pimenta branca
 
Preparação:
Coloque o peixe previamente arranjado num tabuleiro de forno e tempere de sal, massa de alho, limão, pimenta, louro e pimentão doce - reserve para ganhar sabor;
Numa tigela coloque o pimento, as batatas, as cebolas e as castanhas, tempere de sal, pimentão doce, pimenta e um pouco de todas as ervas aromáticas, envolvendo bem com as mãos;
Coloque rodelas de limao nos cortes da corvina de ambos os lados;
Disponha tudo em redor do peixe;
Distribua mais alguns poejos e regue com o azeite;
Tempere com mais algum sal (tendo atenção ao que já colocou) e pimenta e leve ao forno a 160ºC cerca de 30 minutos tapado com papel de alumínio nos primeiros 20 minutos;
Vá regando o peixe com o molho para não secar - junte água se necessário.
Sirva com folhas de poejos frescos por cima do assado o que lhe irá conferir um aroma e paladar mais intensos e deliciosos.
Não esqueçam......saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.....





Boa semana!!!!!

domingo, 3 de maio de 2015

Tarte de morango invertida

Faça o que fizer, vá onde for....levarte-ei sempre comigo no coração...MÃE....

Ingredientes:
1 torta com recheio de morango - usei DanCake
200 gr de morangos frescos
80 gr de açucar (porque a torta já contém açucar)
2 dl de natas com 35% de gordura - bem frias
4 folhas de gelatina transparente
Sumo de 1/2 limão pequeno
Coulis de morango
**Hortelã e morangos para decorar

Coulis de morango:
5 ou 6 morangos médios
Açucar a gosto
Sumo de limão
Preparação: coloque os morangos num tacho com o açúcar e o limão e leve ao lume até obter um "molho" espesso;
Triture com a varinha mágica e coe para retirar as sementes;
Reserve no frio.

Preparação:
Prepare os morangos de forma a que fiquem bem secos;
Com a ajuda de uma varinha mágica reduza os morangos a puré;
Junte o sumo do limão e mexa energicamente;
Num recipiente que possa ir ao micro-ondas, coloque a gelatina a demolhar em água fria;
Com ajuda de uma batedeira, bata as natas em chantilly e adicione o açucar;
Escorra a gelatina e leve-a ao micro-ondas 20 segundos;
Adicione de uma só vez a gelatina aos morangos e mexa bem com um fouet;
Misture o chantilly com o puré de morangos em movimentos circulares;

Montagem:
Forre com pelicula aderente uma forma retangular de fundo amovível;
Coloque na base as fatias de torta e verta o preparado das natas e morangos;
Alise com uma espátula e leve ao frio;

**Desenforme sobre uma travessa de servir e adicione o coulis de morangos;
   Decore com morangos e hortelã.


Não esqueçam.....saboreiem as maravilhas que a vida nos dá.......




Saiba mais sobre os produtos DanCake aqui